News

ANS definitivamente quebra paradigmas e inclui representante de pacientes na pauta de suas atividades

Estive durante toda tarde do dia 16 de Agosto em reunião com a  Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

A ANS definitivamente quebrou paradigmas e inclui representante de pacientes na pauta de suas atividades, representada na pessoa do Felipe Riani Gerente-Executivo – “Gerência Executiva de Aprimoramento do Relacionamento entre Prestadores e Operadoras”.

Nestes 4 anos de trabalho, eu hoje me sinto extremamente recompensada por todos os esforços realizados até aqui, para que nós fossemos também incluídos nesse âmbito de discussões. O Blog oficial da ONG Clube do Marcapasso, denominado PACEMAKERusers, cuja finalidade precípua é a de educação e empoderamento do paciente, demonstrou à ANS quanta informação especializada e focada nesse ator (o paciente) antes invisível aos grandes tomadores de decisões, que lhe eram desconhecidas. Sinalizou ainda a esta Agência Nacional de Saúde Suplementar, que nós pacientes podemos contribuir também com Evidências Baseadas na Experiência.

Traçar novos caminhos para saúde não significa tapar buracos em estradas velhas. E comparo isto ao que sempre chamei do “meu trabalho de formiguinha”, ajudar um paciente, ajudar outro, depois mais outro paciente, e me vejo então “tapando o mesmo buraco”. Por isso, nunca perdi a perspectiva de que traçar novos caminhos para a saúde significa construir uma estrada onde cada ator deposita importante matéria prima que tornará este novo caminho sólido para todos os que caminham e para aqueles virão a caminhar.

Foi uma grande oportunidade de apresentar a tecnologia dos dispositivos cardíacos eletrônicos implantáveis (DCEI), levando equipamentos que foram incluídos no processo de aprimoramento do conhecimento, que é em maior parte teórico/conceitual desta gerência, para um nível concreto, e mais interativo. Também abordei a necessidade de que no processo, pouco a pouco, sejam tratados com a mesma profundidade outras situações nas quais a experiência de usuários com neuroestimuladores, e outros tipos de dispositivos médicos implantáveis, contribuam com Evidências Baseadas em Experiência para tratar de forma particular as especificidades de sua condição clínica.

Agradeço à Biotronik que, mesmo com curto prazo para atender à minha demanda, conseguiu disponibilizar equipamentos para uma das etapas da reunião do dia, e sobretudo ao Técnico Marcio Rosa Ferreira. Às demais empresas que me retornaram justificado a dificuldade, agradeço o esforço.

Concretizar aspectos da experiência do paciente àqueles que tomam decisões, demostra a complexidade das experiências vivenciadas pelo paciente, e tem grande potencial de criar uma base sólida para que se repense os modelos de atenção em saúde vigentes, com o objetivo de torná-los mais justos, sustentáveis, humanizados, e eficazes.

Dr. Luciana Alves PhD e-Patiente Adviser | Fundadora e Blogger no PACEMAKERusers | President/CEO no Clube do Marcapasso (Organização Não Governamental)

Padrão