News

Terapia optogenética substituirá marca-passos?

Pesquisadores do Technion, Instituto de Tecnologia de Israel, realizaram um estudo investigando o efeito de feixes de luz para o tratamento de arritmias cardíacas. A ideia é que esses feixes atuem nas proteínas do coração e com isso haveria uma regularização dos batimentos cardíacos.

De acordo com a matéria publicadada pelo pela Missão Econômica de Israel no Brasil esta descoberta poderia ser uma alternativa melhor de tratamento, e tonar a tecnologia dos marca-passos obsoleta.

Os principais argumentos contra o marca-passo são:

– Risco de infecção;

– Necessidade de repetidos procedimentos cirúrgicos invasivos para implantação;

– Manipulação e substituição de baterias;

– Limitação do número de áreas dos eletrodos usados;

– Os marca-passos não são capazes de recriar com exatidão o padrão de ativação elétrica normal no coração; e

– Seria um grande benefício para as crianças que necessitam de marca-passo, uma vez que necessitam de repetidas intervenções ao longo do tempo, em função da necessidade da troca de eletrodos para acompanhar seu crescimento.

 Não é a primeira vez que a tecnologia optogenética chama atenção, esta tem sido uma ferramenta importante em pesquisas da função cerebral, em estudo publicado na Nature Biotechnology.

Fato é que, de acordo com o Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial (DECA),  no Brasil atualmente cerca de 400 mil pessoas recebem os benefícios do tratamento por meio de dispositivos cardíacos eletrônicos implantáveis.

Vamos ver se as pesquisas nessa área também vão avançar na velocidade da luz!

Por Dra. Luciana Alves PhD – Fundadora e Líder de PACEMAKERusers

Imagem: Missão Econômica de Israel no Brasil

Padrão