News

Medtronic encontra gene que prediz morte súbita

A Medtronic anunciou no European Society of Cardiology Congress (2015), um estudo realizado pelo Cedars Sinai Heart Institute que identificou uma variação genética associada com morte súbita, que podeira ser evitada usando um desfibrilador cardioversor implantável (CDI).

O estudo é uma continuidade da a investigação Medtronic realizada entre 2007 e 2012, que primeiro identificou duas variantes genéticas deletérias em pacientes em uso de um CDI. A nova descoberta a partir do acompanhamento do estudo denominado Oregon Sudden Unexpected Death Study confirma a presença de pelo menos uma variante do gene GNAS na população em geral.

O estudo que investigou amostras de sangue de 1.335 pacientes, demostrou que a variante está associada com um aumento de 50% no risco de morte súbita. Coleta de informações e de amostras de sangue, incluindo informações genéticas desta população de pacientes foram realizadas por 12 anos.

De acordo com o Dr. Henie Wieneke, investigador principal do estudo inicial da Medtronic, e médico-chefe do departamento de cardiologia do St . Marien-Hospital, em Mülheim, Alemanha:

Esta é a primeira vez que um gene foi identificado através de monitoramento do CDI, e que confirmou estar estar associado com morte súbita na população em geral.

E ainda continua:

Estes resultados são um primeiro passo para aprender mais sobre como determinar as melhores formas de prevenir e tratar essa condição.

No Brasil e no mundo, a morte súbita acomete milhares de pessoas anualmente e é tema da campanha da Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (SOBRAC), que realiza em 12 de Novembro a Campanha Nacional de Prevenção das Arritmias Cardíacas e Morte Súbita #Coração na Batida Certa. A maior parte dos pacientes com risco para morte súbita não é identificada a tempo de evitar o óbito. Por isso, essa campanha é extremamente importante para alertar a população.

A continuidade do estudo das variantes do gene GNAS pode certamente revolucionar a identificação dos indivíduos com risco para morte súbita em função de um precisão de predição a nível molecular.

Por Dra. Luciana Alves PhD – Fundadora e Líder de PACEMAKERusers

*Texto adaptado e traduzindo de Fierce Medical Devices

Padrão