News

Uso de estimulantes sexuais por portadores de dispositivos cardíacos eletrônicos implantáveis

O fato único da pessoa ser portadora de qualquer tipo de dispositivo cardíaco eletrônico implantável (DCEI) não restringe a atividade sexual e nem contraindica a utilização de medicações estimulantes sexuais. As doenças associadas é que devem ser levadas em consideração, mas mesmo assim praticamente só quando há descompensação clínica é que a atividade sexual pode ficar comprometida.

O uso concomitante de algumas medicações, como por exemplo nitratos, contraindicam a utilização de estimulantes sexuais. Importante também é passar por avaliação de um especialista (Urologista) antes de utilizar qualquer medicação, pois é o profissional mais adequado para dizer qual o tratamento mais apropriado. Há muito folclore ainda sobre esse assunto e isso, na maioria das vezes, faz com que os portadores de DCEI se sintam inibidos e com isso acabam se restringindo sem necessidade.

Por Dra. Cláudia Fragata – Autora convidada de PACEMAKERusers

Padrão