News

O que é a doença do nó sinusal?

A doença do nódulo sinusal compreende uma ampla variedade de anomalias do funcionamento do nó sinusal, que é o nosso marca-passo natural.

Esta doença pode determinar um batimento cardíaco persistentemente lento (bradicardia sinusal) ou um bloqueio completo entre (parada sinusal), caso em que o impulso proveniente do nó sinusal não provoca a contração atrial. Quando isto acontece, habitualmente algum outro ponto da parte elétrica do coração assume o ritmo cardíaco.

Um subtipo importante desta doença é a síndrome bradicardia-taquicardia (também chamada de síndrome bradi-taqui), em que os ritmos atriais rápidos, incluindo a fibrilação atrial ou flutter atrial, alternam com períodos prolongados de ritmos cardíacos lentos. Todos os tipos de síndrome do nódulo sinusal são particularmente frequentes nos idosos.

Muitos tipos de síndrome do nó sinusal não causam sintomas, embora as frequências cardíacas persistentemente baixas provoquem, com frequência, debilidade e cansaço. Quando a frequência se torna muito lenta, podem ocorrer inclusive desmaios (síncopes). Em alguns momentos, as frequências cardíacas rápidas são sentidas como palpitações.

Um pulso lento, sobretudo se for irregular, ou um pulso com grandes variações sem que coincida com mudanças na atividade do indivíduo, leva a suspeitar da síndrome do nó sinusal.

O tratamento da doença do nó sinusal envolve o implante de marca-passo cardíaco. O marca-passo é indicado para reestabelecer uma frequência cardíaca dentro do normal. Nos casos que apresentam períodos ocasionais de arritmia atrial, pode ser também necessária a administração de medicamentos.

Por Dra. Cláudia da Silva Fragata – CRM-SP 98985 – Autor convidado de PACEMAKERusers

Padrão