News

“Doutor, eu não me engano … Meu coração deve estar falhando!”

Caros amigos, é Carnaval!

Muito som, festas e transas.

Cuidado pra não se dar mal…

Todos de prontidão pra correr atrás do trio?

Debaixo de sol, com chuva ou com frio…

Há de se ter bom coração!

Com uísque e Red Bull

Não te dou a garantia…

Criar Asas? Eu duvido!

Mas vai ter Taquicardia…

É isso aí amigos… hoje o tema da nossa conversa é especialmente para aqueles foliões que desejam “criar Asas” neste carnaval.

A mistura: Álcool+Energético é, talvez, a bebida mais consumida nesta época de festas. É bem gostosa, de fato, entretanto combinamos duas substâncias potencialmente capazes de induzir arritmias diversas. Em uma das postagens anteriores, comentamos sobre as festas de fim de ano e o abuso de álcool capaz de induzir a chamada Síndrome do Coração Festeiro. Lembram-se? Pois é … o abuso de bebidas alcoólicas adicionadas dos Energéticos são ainda mais potentes na indução deste fenômeno.

Além do mais, estudos recentes apontam o Energético como uma das substâncias capazes de alterar o intervalo QT no eletrocardiograma. O intervalo entre as ondas Q e T no ECG representam toda a cinética de contração dos ventrículos (sístole e diástole). O QT longo é uma doença que pode ser congênita (presente desde o nascimento) ou adquirida (quando provocada por algum fator externo). A presença desta alteração expõe o coração a um maior risco de arritmias ventriculares graves e potencialmente fatais.

Portanto, meu amigos, acho que vale a pena repensar essa mistura!

Doutor, então não posso beber nada neste carnaval?

Não sejamos hipócritas! Aproveite sua festa com moderação e responsabilidade. Evite os excessos!

Quer uma dica: misture meia dose de alegria, complete o copo com amor. Dê Asas à sua imaginação, Dance No RITMO CERTO! Mas não esquece do seu coração!

Salve Salve.

Por Dr. João Paulo Velasco Pucci CRM 21619 – Autor convidado de PACEMAKERusers

Padrão