News

Holter em portadores de dispositivos cardíacos eletrônicos implantáveis

O Holter é uma ferramenta extremamente importante no acompanhamento dos pacientes portadores de Dispositivos Cardíacos Eletrônicos Implantáveis (DCEI), permitindo não somente a correlação de sintomas com o ritmo do dispositivo com eventuais arritmias, mas também fornecendo informações que permitem uma programação mais fisiológica (mais próximo do funcionamento normal da parte elétrica do coração) possível.

O Holter pode nos ajudar na avaliação dos seguintes aspectos:

Correlação de Sintomas: síncope (desmaio), pré-síncope, tonturas e palpitações podem estar associadas a falhas de comando da prótese, inibições inapropriadas do DCEI, entre outros e a detecção de arritmias como fibrilação atrial (FA) ou arritmias ventriculares podem apresentar significado prognóstico, dependendo das doenças associadas.

Disfunções do DCEI: a ocorrência de falhas de comando pode levar a riscos variáveis. Vários modelos de DCEI apresentam função de auto-regulação da energia de estimulação, o que aumenta a longevidade (duração) da bateria. O Holter permite conferir a segurança de tais algoritmos. O uso de DCEI não significa necessariamente que a frequência cardíaca esteja adequada nas mais diversas situações. O uso de sensores nos modos chamados de  “responsivos” (DDDR, VVIR, AAIR), que se propõem a elevar automaticamente a frequência de estimulação, simula o funcionamento normal do nó sinusal. O Holter permite avaliar se a programação corresponde às necessidades do portador ou se há necessidade de ajustes na programação.

Para o médico que está analizando o exame, sempre é importante ter o maximo de informações sobre o modo de estimulação do DCEI. Uma cópia da carteirinha com as informações básicas da programação do dispositivo, junto com um diário de eventos bem preenchido (sintomas com horários e atividades realizadas durante a gravação do Holter) são muito úteis.

E lembre-se, o exame de Holter não substitui de maneira alguma a avaliação periódica por telemetria feita por um especialista do DCEI.

Por Dra. Cláudia da Silva Fragata CRM-SP 98985 – Autora convidada de PACEMAKERusers

Padrão