News

Portadores de marca-passo podem doar sangue?

Venho acompanhando várias dúvidas de portadores de marca-passo sobre doação de sangue, afinal, portador de marca-passo pode doar sangue?

Para responder a essa questão nada melhor que uma especialista no assunto e autora de livros sobre hematologia e banco de sangue a Biomédica Dra. Ana Lucia Girello. Ela me explicou que a portaria 2.712/2013 não menciona portadores de marca-passo mas exclui doadores com “doenças cardiovasculares graves” além de “arritmia cardíaca grave”. Muitos portadores de marca-passo tomam remédios e segundo a portaria também é um fator de exclusão (dependendo da classe do remédio).

Vou reproduzir abaixo uma parte do ANEXO I da portaria 2.712/2013 que cita doenças cardiovasculares:

“Doença cardiovascular grave. Especial atenção para doença coronariana, angina, arritmia cardíaca grave, insuficiência cardíaca, doença valvular, aneurismas, má formações arteriovenosas, endocardite com sequela, miocardite com sequela, trombose arterial, trombose venosa recorrente e trombofilia.”

Conclusão: Portador de marca-passo pode doar sangue? Pela experiência da Dra. Ana Lucia Girello é quase certo que será excluído por causa desses dois fatores (doença cardíaca e remédios), porem vai de cada banco de sangue uma análise e interpretação de cada doador. Temos diversos portadores de marca-passo, alguns mais graves outros não, isso é fundamental para a análise do entrevistador do banco de sangue.

Quem quiser consultar a portaria 2.712/2013 na íntegra acesse: Portaria 2.712/2013

Não há nada de errado em um banco de sangue ser criterioso, afinal, ele precisa preservar a saúde de quem esta recebendo aquele sangue.

Sempre recomendo a consulta de um especialista no assunto, afinal, cada paciente é um caso diferente.

Por Piero Lourenço – Biomédico – Autor convidado de PACEMAKERusers

Padrão